“Crise Econômica” e “Dificuldades Financeira das Agências de Publicidade e Comunicação”.

“Crise Econômica” e “Dificuldades Financeira das Agências de Publicidade e Comunicação”.

Amigos, encaminhei este texto para alguns de vocês ano passado, mas gostaria de dividir novamente por aqui devido sua relevância e atualidade.

Estes dois fatos acima me desafiaram a escrever este texto.

Muitas informações que serão aqui compartilhadas, talvez já sejam bem conhecidas, mas acredito que é sempre bom relembrar, pois tenho visto ainda uma grande movimentação no mercado de clientes mudando de agência, ou centralizando tudo em uma única, buscando novas alternativas e ao mesmo tempo reduzindo drasticamente a verba de investimento do ano. E essas mudanças tem impactado muito a rotina das agências e alguns conceitos e ferramentas da base de uma Gestão Financeira neste momento são importantes para ajudar a refletir e conseguir uma rápida reação e adaptação ao que o mercado tem exigido neste momento.

Farei uma síntese dos itens mais relevantes:

·   Resultado Gerencial por área: Controlar e manter cada área com margem positiva ou no máximo em breakeven. Evite que uma área subsidie a outra.

·   Budget Financeiro: Definir uma estratégia e montar um plano.

·  Fluxo de Caixa: Controlar e manter sua movimentação sempre saudável. O resultado entre entradas e saídas no mês deve ser positivo para evitar perda do Capital de Giro.

·  Sempre planejar e controlar as Finanças, independentemente do tamanho.  Gestão sustentável permanente.

·  Adaptar / reduzir os custos conforme a redução da Receita.

·  Trocar os custos fixos por variáveis.

·  Tentar manter a inteligência, mas terceirizar o operacional.

·  Buscar automatização dos processos.

·  Usar mais tecnologia e fugir da burocracia.

·  Crise é um momento de seleção dos melhores.

·  É preciso estar preparado não só para atravessar a crise, mas para as oportunidades que surgem nestes momentos.

·  Inovar e Diversificar. Não tentar passar pela crise fazendo sempre o mesmo.

·  Não aceitar fazer parte desta crise.

·  Não adiar as decisões.

·  Com foco e determinação, passará pela crise e aproveitará os novos e melhores momentos ainda mais estruturado !

Espero muito ter ajudado com estas informações importantes deste segmento tão admirável que atuamos !

Qualquer dúvida, estou à disposição.

Um abraço e obrigado!

Anderson Rabaquini

AMGR Inteligência Financeira.